8 de set de 2011

"Parar para cheirar as rosas"



Trata-se de aprender a desacelerar. Daí o título, do livro  "Amor lento".
A autora aprendeu  que "parar para cheirar as rosas" não é apenas uma citação curiosa.
 É verdade da vida.
Na nossa vida corrida, queremos fazer tantas coisas ao mesmo tempo, agradar a tantos ao mesmo tempo, que não nos damos conta do que existe ao nosso redor.
A autora do livro citado só aprendeu a parar, "parar para cheirar as rosas", quando perdeu o emprego.
Daí ela observou que a vida não era só aquilo que ela tinha, e achava que era o melhor que poderia ter na vida.
E nós, podemos desacelerar e "parar para cheirar as rosas".
Quanta coisa para ver, ouvir... quantas pessoas para conhecer e aprender com elas.
O que você gosta de fazer? Quanto tem feito? Para você....
 Pois, se não amarmos a nós mesmos, como vamos amar o nosso próximo?



Um comentário:

  1. Silvia Moreira escreveu: "Gostei muito do que essa escritora que você citou disse , é a mais pura realidade . A nossa vida é tão corrida que além de não cheirarmos a rosa , as vezes nem paramos para observá-las o quanto são lindas. Mas eu vou tentar parar para cheirar outra flôr , pois o cheiro da rosa não me agrada...rsrsrs......Rose ainda não consigo comentar em seu blog, e não é por falta de tentar.....Acho que é burrice mesmo viu ???...bjs e continue a publicar essas coisas que nos faz refletir a vida."

    ResponderExcluir